LIneA/INCT do e-Universo: Retrospectiva 2020

08 de março de 2021 | LIneA

Apesar de ter sido particularmente difícil, 2020 foi um ano transformativo para o LIneA ao comemorar seu décimo aniversário. Originalmente um projeto estruturante do Observatório Nacional de 2006, o LIneA evoluiu em 2010 para um acordo entre várias unidades de pesquisa do Ministério (CBPF, LNCC, ON e RNP), refletindo o caráter multidisciplinar de suas atividades.

Mais recentemente foi incubado na RNP, tornando-se um Instituto de Ciência e Tecnologia privado em Janeiro de 2020. Seguindo a sugestão de um grupo de trabalho formado pelo MCTI, foi discutida a melhor forma de institucionalização do LIneA, tendo em vista a sua atuação transversal e suas características de serviço.

Além das atividades normais de desenvolvimento e operação, o primeiro semestre do ano foi também dedicado:

  1. A implantação da associação com a assembleia, indicando a diretoria e a formação dos vários conselhos responsáveis pela governança da nova associação que inclui o Conselho de Administração¹, Conselho Técnico Científico², Comitê de Usuários³ e Conselho Fiscal4
  2. A elaboração de um plano plurianual para o laboratório com uma visão mais ampla de suas responsabilidades, inicialmente focadas apenas no apoio de pesquisadores envolvidos nas colaborações científicas internacionais apoiadas pelo LIneA.

Na nova visão – ilustrada na Figura 1 – o LIneA se compromete a apoiar toda a comunidade astronômica brasileira na sua área de expertise, oferecendo serviços variados (acesso a dados, ferramentas e processamento) e assistência aos usuários.

blank
Figura 1 – Visão da nova missão do LIneA expandindo seus serviços para a comunidade.
  1. O desenvolvimento de uma nova identidade visual com a introdução de um novo logo (figura 2), um encarte descrevendo a associação (figura 3), cuja distribuição foi comprometida pelo início da pandemia e um novo desenho para o site do LIneA – ainda em estudo
  2. A busca de recursos para financiar suas atividades em consulta com o MCTI, FINEP e o INCT do e-Universo.
blank
Figura 2 – Novo logo do LIneA desenvolvido por escritório especializado.
blank
Figura 3 – Páginas do encarte criado para divulgação do LIneA. Painel superior a primeira página; painel inferior páginas internas.
blank
Figura 3 – Páginas do encarte criado para divulgação do LIneA. Painel superior a primeira página; painel inferior páginas internas.

Outras atividades de grande relevância foram:

  • A submissão, a convite, de uma proposta para a Fundação Templeton para financiar parte do projeto para a implantação da Rede de Ocultação Sulamericana (ROSA).
  • A submissão a convite do Departament of Energy (DOE) e do National Science Foundation (NSF) de uma proposta de contribuição in-kind para o projeto LSST.
  • A submissão de proposta de filiação a LSST Corporation, um consórcio de quase 40 organizações internacionais cuja missão é preparar a comunidade para a era do LSST.
  • A submissão de proposta ao supercomputador Santos Dumont para os pesquisadores sendo apoiados pelo LIneA.
  • A compra de um sistema de armazenamento Lustre para apoiar o processamento de alto-desempenho.
  • A disponibilização de uma nova versão do LIneA Science Server para acessar e visualizar as imagens e os catálogos de 6 anos de observação do Dark Energy Survey ( DES).
  • O desenvolvimento das plataformas Solar System Objects, LIneA Science Server e MaNGA Portal pela equipe de TI do LIneA nos últimos anos.
  • A avaliação por comissão independente das plataformas científicas Solar System Portal, LIneA Science Server e, mais recentemente, o MaNGA Portal.
  • A conclusão dos serviços prestados pelo LIneA de supervisão da infraestrutura computacional do espectrógrafo APOGEE-2 como parte do acordo entre o LIneA e o projeto SDSS-IV.
  • Preparação, em colaboração com o LNCC e a RNP, de projeto para a implantação de um Independent Data Access Center no Brasil para armazenar catálogos produzidos pelo projeto LSST.
  • Organização do workshop On the Future of Data Centers and eScience Institutes a ser realizado em Abril de 2021 que irá reunir representantes de alguns dos mais importantes centros de dados, institutos de e-Ciência e empresas de TI para discutir soluções atuais e novas tendências tecnológicas para acompanhar o crescimento do volume de dados de experimentos modernos como LSST, Euclid e SKA, entre outros.
  • Implantação de sistemas para gerenciamento de recursos computacionais e de usuários em preparação.
  • Preparação de cursos de treinamento sobre as ferramentas desenvolvidas pelo LIneA a serem oferecidos em 2021.
  • Organização de processo de planejamento plurianual.

A lista acima são destaques do ano. Uma visão mais detalhada incluindo outras atividades publicações, webinars pode ser encontrada no relatório conjunto de 2020 do LIneA /INCT do e-Universo.

O LIneA e o INCT do e-Universo tem como missão apoiar a participação de pesquisadores associados a instituições brasileiras em grandes levantamentos astronômicos como o Dark Energy Survey ( DES), Sloan Digital Sky Survey ( SDSS), Dark Energy Spectroscopic Instrument ( DESI), e o Legacy Survey of Space and Time ( LSST).

O LIneA é um instituto de ciência e tecnologia privado cuja missão é viabilizar a participação de pesquisadores e estudantes em colaborações internacionais; apoiar centros emergentes, fornecer acesso a acervos de dados astronômicos e a uma infraestrutura de processamento intensivo de dados, e desenvolver soluções para problemas de big data nas áreas de astronomia e cosmologia. Atualmente as atividades do LIneA são apoiadas pela FINEP, e CNPq e FAPERJ através do programa dos INCTs.


  1. Membros do CA: Augusto Gadelha (presidente) Carlos Alberto Aragão, Eliete Bouskela, Jailson de Andrade, Luiz Fernando Palmer da Fonseca, Roberto Martins, Thyrso Vilella, Wilson Coury, Wanderley de Souza.
  2. Membros do CTC: Beatriz Barbuy, Iara Machado, Márcia Barbosa, Othon Winter, Pedro Dias.
  3. Membros do CdU: Carlos Wuenschen, Carlos Adean, Fabio Porto, Gustavo Dias, Joao Canalle, Julia Gschwend, Marcelo Emilio, Mariana Penna Lima, Rogerio Riffel, Sandro Rembold.
  4. Membros Conselho Fiscal: Leandro Ciuffo, Márcio Maia, Wagner Leo.

Comentários estão fechados.