The Dark Energy Survey: a história de um experimento cosmológico

13 de outubro de 2020 | LIneA

Há 40 anos atrás grandes projetos internacionais na área de cosmologia observacional envolviam da ordem de 20 a 30 pessoas entre pesquisadores, alunos e tecnologistas. Alguns exemplos destes extensos levantamentos astronômicos pioneiros são o CfA Redshift Survey (1977) e sua extensão na década de 1990 para o hemisfério sul – o Southern Sky Redshift Survey (SSRS), ambos conduzidos por equipes no Harvard Smithsonian Center for Astrophysics e pelo Observatório Nacional. De lá pra cá os tempos mudaram e agora, na era da cosmologia de precisão, projetos como o Sloan Digital Sky Survey (SDSS), o Dark Energy Survey (DES) e o Legacy Survey of Space and TIme (LSST) envolvem dezenas de instituições espalhadas pelo mundo, com no mínimo 500 pessoas envolvidas. Estas equipes possuem uma ampla gama de profissionais com os mais variados backgrounds devido à complexidade da instrumentação, ao volume de dados gerados que requer novas técnicas e algoritmos, e às sofisticadas técnicas de análise, o que exige dos pesquisadores múltiplos conhecimentos.

Seguindo a tentativa de descrever estes experimentos astronômicos gigantescos que envolvem pessoas de vários países, foi lançado no dia 13 de outubro numa cerimônia remota sediada em Londres o livro “The Dark Energy Survey: The story of a cosmological experiment”. O livro conta um pouco da história e captura as várias facetas deste experimento moderno. Com um prefácio do Astrônomo Real Martin J. Rees o livro é dirigido a cientistas, tomadores de decisão, cientistas sociais e engenheiros, bem como a qualquer pessoa interessada em cosmologia e astrofísica. A equipe do LIneA contribuiu com o capítulo 7 intitulado DES as a Big Data Machine onde o portal científico desenvolvido pelo LIneA (figura 1) é apresentado.

blank
Figura 1: Página inicial desenvolvida pelo LIneA como portal científico para o Dark Energy Survey

O livro pode ser encomendado diretamente no website da editora World Scientific ou pela Amazon website.

blank
Figura 2: Capa do livro a ser lançado dia 13 de outubro sobre o DES

Procurando difundir os trabalhos realizados pela equipe do LIneA e seus associados, além de notícias de interesse geral, mantemos um blog, uma conta no Facebook, no Twitter, além de um canal no Youtube. Periodicamente também circulamos o LIneA News contendo notícias e informações sobre a série de webinars patrocinado pelo LIneA. Para se registrar basta clicar aqui. A maioria dos webinars são feitos por pesquisadores internacionais superando desta forma as barreiras geográficas e mantendo os participantes atualizados sobre as mais recentes descobertas em diferentes áreas, novas tecnologias e novos projetos.

O LIneA e o INCT do e-Universo tem como missão apoiar a participação de pesquisadores associados a instituições brasileiras em grandes levantamentos astronômicos como o Dark Energy Survey ( DES), Sloan Digital Sky Survey ( SDSS), Dark Energy Spectroscopic Instrument ( DESI), e o LargeSynoptic Survey Telescope ( LSST). O LIneA, criado em 2010, é apoiado pelo Observatório Nacional ( ON), pelo Laboratório Nacional de Computação Científica ( LNCC) e pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa ( RNP). Em janeiro de 2020 o LIneA transformou-se em uma associação, para dar continuidade a missão de atuar como um instituto de ciência e tecnologia para viabilizar a participação de pesquisadores envolvidos em grandes colaborações internacionais; apoiar centros emergentes, fornecendo uma infraestrutura computacional; acesso a um acervo de dados astronômicos; e desenvolver soluções para problemas de big data nas áreas de astronomia e cosmologia. As atividades do LIneA vem sendo apoiadas ao longo dos anos pelo MCTIC, FINEP, FAPERJ, FAPERGS e a FAPESP. O programa INCT tem o apoio do CNPq, CAPES, e FAPERJ.

Comentários estão fechados.