LSST muda as regras de participação

12 de novembro de 2019 | LIneA

Numa grande reviravolta o projeto LSST liderado pelo Departamento de Energia do governo americano, representado pelo SLAC, e o National Science Foundation, representado pela AURA, recentemente alterou radicalmente a forma pela qual instituições internacionais podem participar do projeto. Ao invés de contribuições financeiras agora são solicitadas contribuições que possam reduzir o custo de operação ou adicionar valor ao projeto como tempo em outros telescópios ou conjunto de dados que possam ser usados em combinação com os dados do LSST para melhorar o resultado de análises científicas.

A parceria LIneA/INCT do e-Universo, cumprindo sua missão de apoiar a participação de pesquisadores brasileiros em grandes colaborações internacionais, pretende submeter uma proposta procurando expandir o número de pesquisadores atualmente disponíveis no Brazilian Participation Group. A proposta será baseada em grande parte no trabalho de infraestrutura realizado pelo LIneA ao longo dos mais de 10 anos de funcionamento.

Convidamos aqueles interessados de submeter alguma contribuição para consideração a entrar em contato com a coordenação do LIneA ou submeter suas idéias pelo e-mail lsst-in-kind@linea.gov.br.

Deixe um comentário