INCT do e-Universo incentiva a equipe a aperfeiçoar o conhecimento da língua inglesa

20 de setembro de 2019 | LIneA

Desde o dia 6 de agosto de 2019 estão sendo ministradas aulas de inglês presenciais semanais para os integrantes da equipe do INCTLIneA alocados fisicamente no prédio localizado no campus do Observatório Nacional, no Rio de Janeiro.

Ao todo, 19 membros do INCT/LIneA se inscreveram para participar das aulas, ministradas pela professora Marcia Moura (Figura 1), que possui grande experiência no ensino de idiomas para turmas em ambientes corporativos. A identificação do nível dos alunos foi feita através de entrevistas individuais com o objetivo de reunir na mesma turma os alunos com o mesmo nível de conhecimento do idioma, o que levou a criação de três turmas.

blank
Figura 1: A professora Marcia Moura ministrando aulas para turmas no INCT/LIneA.

As aulas estão sendo parcialmente financiadas pelo INCT do e-Universo, sendo que os alunos estão contribuindo com 50% do custo. Esta iniciativa tem como objetivo proporcionar às equipes uma oportunidade de aprendizado e aprimoramento da língua inglesa, uma vez que o domínio deste idioma é muito importante para quem participa em projetos internacionais e interage constantemente com pesquisadores e tecnologistas de diversos países. Uma possibilidade que está em avaliação é a de estender a participação nas aulas para alunos que não ficam alocados fisicamente no campus do Observatório Nacional, através da ferramenta Zoom que o INCT/LIneA utiliza para incluir participantes remotos nas suas reuniões.

LIneA é um laboratório apoiado pelo Observatório Nacional (ON), Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), e pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), criado com a finalidade de dar suporte à participação brasileira em levantamentos astronômicos. O LIneA e o INCT do e-Universo também apoiam brasileiros participantes de grandes levantamentos astronômicos, como os projetos internacionais SDSSDESDESI, e LSST.

Comentários estão fechados.