FAPERGS recomenda projeto para estudo de populações estelares em galáxias usando dados do SDSS-IV MaNGA

14 de junho de 2016 | LIneA

No dia 03 de julho de 2016 a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS) divulgou o resultado do edital de seleção de propostas para o Programa de Apoio a Núcleos Emergentes/FAPERGS/CNPq. A proposta intitulada “Populações estelares em galáxias ativas e efeitos ambientais”, que conta com o apoio do LIneA, UFRGS e UFSM, foi recomendada com prioridade 1. A classificação final ainda aguarda a homologação do resultado pelo CNPq e a liberação de recursos se dará conforme disponibilidade orçamentária.

O projeto tem como objetivo principal o estudo de populações estelares utilizando dados espectroscópicos de galáxias próximas no óptico e infravermelho próximo, obtidos como parte do projeto SDSS-IV MaNGA e em turnos de observação aprovados nos telescópios Gemini. A equipe é formada por pesquisadores da UFRGS e UFSM que integram a equipe científica do LIneA, e conta com a participação de estudantes de pós-graduação e graduação de ambas as instituições.

Para o coordenador do projeto, Dr. Rogério Riffel, “a recomendação da proposta representa uma oportunidade ímpar para a consolidação do Nucleo de pesquisa na área de astrofísica Extragaláctia formada por pesquisadores da UFRGS e UFSM”, parceria iniciada em projetos usando dados de galáxias ativas obtidos com unidades de campo integral dos telescópios Gemini e com laços de colaboração científica sendo estreitados mediante a participação dos pesquisadores no Brazilian Paricipation Group (BPG) doSDSS-IV, através do LIneA.

blank
Imagem ilustrando a técnica de espectroscopia de campo integral, na qual obtém-se espectros para cada posição da galáxia observada. Crédito da imagem: Marc White (RSAA-ANU).

Comentários estão fechados.