Câmera astronômica mais potente do mundo entra em operação

17 de setembro de 2012 | LIneA

Cientistas da colaboração Dark Energy Survey anunciaram esta semana que a DECam, o produto de oito anos de planejamento e construção por cientistas, engenheiros e técnicos em três continentes, obteve sua “primeira luz”. As primeiras imagens do céu do hemisfério sul com esta câmera de 570 megapixels foram feitas no dia 12 de setembro.

Nas imagens abaixo são mostradas imagens do aglomerado de estrelas 47 Tuc e da galáxia NGC 1365.

Durante os próximos 5 anos, a DECAm obterá as imagens do Dark Energy Survey (DES), que será o mais amplo levantamento fotométrico do hemisfério sul equatorial. O Brasil possui cientistas e técnicos participando do DES, através do LIneA. Além de reunir os cientistas e técnicos interessados no projeto, a função do LIneA é também de prover a necessária infra-estrutura. As características de um levantamento deste porte exigem recursos computacionais e infraestrutura de armazenamento, processamento e distribuição de dados que não podem ser replicadas nas instituições de cada participante individualmente.

Além de um portal científico para análise dos dados do DES, o LIneA é responsável por prover o Quick Reduce, que é um software que faz a redução inicial das imagens obtidas pela DECam e que será utilizado junto ao telescópio, no momento da obtenção das imagens. Após o período de tempo de propriedade exclusiva da colaboração DES, os dados serão disponibilizados para a comunidade em geral, e o Centro de Dados do LIneA será um dos pontos de distribuição desta valiosa informação.

blank
Imagem da DECam da galáxia espiral barrada NGC 1365, membro do aglomerado de galáxias de Fornax, situado a mais de 60 milhões de anos-luz da Terra.
Crédito: Dark Energy Survey Collaboration
blank

Imagem da DECam com zoom da parte central do aglomerado globular de estrelas 47 Tucanae, situado a 17 mil anos-luz da Terra.
Crédito: Dark Energy Survey Collaboration.

Para mais detalhes veja:

link texto Press release:

PR-DECam-5.0

Darkenergysurvey.org

2 comentários para “Câmera astronômica mais potente do mundo entra em operação”

  1. Após ter lido o artigo, vemos que o trabalho investido está dando efeito. Apesar de ter demorado um pouco o fruto alcançado é sempre instigante. Tenho espectativas maiores quanto ao potencial desta DECam.
    Jackeline kérollen
    Graduanda de Enfermagem pela URCA-Universidade Regional do Cariri