Protagonismo de pesquisadores brasileiros na publicação do primeiro artigo do Dark Energy Survey

01 de junho de 2011 | LIneA

O primeiro artigo da colaboração do Dark Energy Survey (DES) acaba de ser publicado no volume 141 do Astronomical Journal, um dos periódicos internacionais arbitrados de maior impacto na área de pesquisa em Astrofísica. Os principais autores do artigo são todos membros do DES-Brazil, consórcio de pesquisadores brasileiros que participam do DES.

O artigo, de autoria de Bruno Rossetto e colaboradores, trata da amostra de estrelas que serão observadas com o DES. Para isso faz uso de simulações dessa amostra baseadas no modelo de síntese da nossa Galáxia chamado Trilegal, de autoria de Leo Girardi, co-autor também brasileiro e participante do DES-Brazil.

Nas figuras abaixo vemos mapas do céu onde destaca-se a região a ser coberta pelo DES. Elas mostram a densidade esperada de estrelas que serão amostradas, de acordo com o tipo espectral (que é uma medida da temperatura da estrela): são mostradas as densidades de estrelas de tipo O e B (acima à esquerda), A e F (acima à direita), G e K (abaixo à esquerda), M e L (abaixo à direita). Para maiores informações sobre tipos espectrais, click aqui.

blank blank
blank blank

Nas figuras, as densidades maiores correspondem à cor vermelha, enquanto que as regiões do céu menos densas são representadas pela cor violeta.

Rossetto e colaboradores também avaliam os assuntos mais relevantes da área de estrutura da Galáxia e de populações estelares que poderão ser abordados com os dados do DES. Entre eles destacam-se o censo de objetos de baixa massa e luminosidade, como anãs M, anãs marrons e anãs brancas, a forma do halo estelar Galáctico e o sistema de galáxias satélites da nossa.

Comentários estão fechados.