Escola de Cosmologia na Unicamp atrai estudantes

03 de agosto de 2018 | LIneA

A expansão acelerada do Universo é um dos maiores problemas da cosmologia atual. A chamada Energia Escura, que é o nome genérico dado à responsável por esse fenômeno, ainda está longe de ser compreendida e vem sendo o objeto de estudo de grandes levantamentos astronômicos, como o Sloan Digital Sky Survey (SDSS), o Dark Energy Survey (DES), o Dark Energy Spectroscopic Instrument (DESI), e o Large Synoptic Survey Telescope (LSST).

Para revisar esta e outras questões, o Instituto de Física Gleb Wataghin da Unicamp, através da Professora Flavia Sobreira, organizou na semana de 23 a 27 de Julho uma Escola de Inverno cobrindo diversos tópicos. As bases da Relatividade Geral de Einstein, que é a teoria que melhor descreve a dinâmica e evolução do nosso Universo, foi apresentada por Raul Abramo (IF/USP). Vínculos observacionais dados pela estrutura em grande escala do universo, como a Oscilação Acústica de Bárions, foi apresentada por Eusebio Sanchez (CIEMAT, Espanha). Adam Amara, do ETH Zurich (Suíça), umas das melhores universidades do mundo e onde Einstein estudou, apresentou ferramentas estatísticas para análise das observações e simulações. Ricardo Ogando (ON e LIneA), apresentou técnicas observacionais como fotometria e espectroscopia, além de noções de computação necessárias para analisar esses dados, a chamada e-ciência. Luiz da Costa (ON e LIneA), apresentou um resumo da cosmologia observacional moderna. As notas de aula podem ser encontradas no sítio do evento.

A escola contou com a participação de cerca de 80 estudantes de graduação e pós-graduação (ver foto em grupo na Figura 1), a maioria do estado de São Paulo, mas também do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná, e Rio Grande do Sul. Os estudantes tiveram tempo para interagir durante os intervalos e as aulas. Houve também uma sessão de painéis apresentados pelos alunos. A galeria completa de fotos pode ser vista no sítio do evento.

Flavia Sobreira, Luiz da Costa, e Ricardo Ogando são membros do LIneA e do INCT do e-Universo que apoiam a participação de brasileiros nos grandes levantamentos mencionados acima. Adam Amara e Eusebio Sanchez são participantes do levantamento DES.

Figura 1 – Foto oficial da Escola de Inverno de Cosmologia do IFGW da Unicamp. Crédito da imagem: Instituto de Física Gleb Wataghin da Unicamp.

Deixe um comentário